segunda-feira, 23 de abril de 2012

Termogênicos X Ácido Linoleico X Quitosana

Olá, seguidores! Hoje falaremos um pouco sobre esse tema que o leitor Guilherme Dória me sugeriu. Muitas pessoas não sabem a diferença entre esses suplementos que visam o emagrecimento, muitas vezes achando todos são iguais, o que não é verdade. Hoje aprenderemos sobre as diferenças, a aplicabilidade e a segurança de uso dos termogênicos, do ácido linoleico e da quitosana.


Os suplementos termogênicos, como o próprio nome já diz, são produtos que objetivam a termogênese, ou seja, o aumento do gasto energético (que gera calor). A termogênese pode ser induzida pelo exercício, pela alimentação, e também por substâncias específicas, chamadas de substâncias termogênicas. A maioria dessas substâncias são estimulantes do sistema nervoso central, deixando a pessoa com mais energia e apta a desempenhar os exercícios físicos. Um sistema muito popular envolvido nessa maior liberação de energia é o sistema adrenérgico (liberação de adrenalina), que é um hormônio que atua diretamente no aumento do gasto energético e na maior queima de gordura como fonte de energia. Algumas substâncias, como a cafeína por exemplo, atuam nesse sistema, aumentando a liberação de adrenalina.


De uma forma geral, os termogênicos são baseados em não só uma, mas várias substâncias termogênicas como a cafeína, capsaicina, ioimbina, octopamina, L-tirosina, sinefrina, entre outras. A ação dessa substâncias quando em conjunto é mais eficaz na queima da gordura do que quando elas se encontram isoladas, o chamado efeito sinérgico. A recomendação destes suplementos depende da concentração dos componentes da fórmula, dos tipos de componentes e do processo farmacêutico ao qual foram submetidos. Existem termogênicos mais leves que podem ser utilizados durante o dia e até mesmo à noite, podendo ser utilizados antes das refeições para aumentar saciedade e contribuir para a termogênese induzida pelo alimento. Outros de liberação mais lenta, mesmo com concentrações elevadas, podem ser utilizados durante o dia também (LEIA MAIS SOBRE ISSO AQUI), aumentando o gasto energético durante um tempo mais longo. Por fim, os mais concentrados e que não passam por uma encapsulação mais complexa podem ser utilizados imediatamente antes do exercício físico, promovendo maior disposição, energia e queima de gordura naquele período. Precauções: os termogênicos devem ser prescritos por um nutricionista ou um médico capacitado; contraindicação em casos de: problemas cardiovasculares, problemas de pressão arterial, distúrbios do sistema nervoso central como depressão, ansiedade, entre outros, gestação e uso de medicamentos inibidores da monoaminooxidase (IMAO).

Os suplementos baseados em Ácido Linoleico são, antes de tudo, suplementos de lipídeos, ou seja, de gorduras. O ácido linoleico (LA) é um tipo de gordura saudável que faz parte da família ômega-6 encontrada em vegetais como o cártamo, por isso: Óleo de cártamo. A concentração de LA nesse óleo é altíssima, o que leva aos produtos do ramo serem à base do cártamo. Apesar de exibir uma ação termogênica leve (por aumentar o gasto energético), tal suplemento não é caracterizado como termogênico, principalmente por não conter nenhuma substância estimulante, sendo estritamente composta à base de um macronutriente (lipídeos). O LA exerce seu efeito emagrecedor em nível celular, ou seja, ele atua dentro da sua célula de gordura, principalmente naquela gordura situada na região abdominal (atenção: não é aquela gordura que está entre a pele e o músculo, é a gordura visceral, que envolve os órgãos internos, dando aquele aspecto de barriga dura) quebrando a gordura existente e liberando-a para a corrente sanguínea, onde ela irá pra outros órgãos/tecidos onde será queimada. Além disso, o LA também inibe o acúmulo de gordura nas células lipídicas, ou seja, à medida em que ele "esvazia" a célula de gordura, também impede a formação de novos estoques. Seu efeito é mais sentido na região da barriga, diminuindo as medidas da cintura.

 Apesar de na teoria ser algo lindo, na prática nem sempre é essa maravilha toda. Há evidências que mostram que essa gordura liberada no sangue não é queimada como fonte de energia, sendo levada ao fígado, o que induziria a esteatose hepática (acúmulo de gordura no fígado), o que por si só já é algo preocupante do ponto de vista da saúde, aumentando o estado inflamatório e o estresse oxidativo no organismo, podendo até levar à resistência à insulina e posteriormente à diabetes. O LA também exerce seu efeito em células musculares, mas com contribuição bem menor do que nas células de gordura. Apesar desses riscos citados, o LA é um suplemento considerado seguro para uso, desde que respeitada a dosagem ideal, que gira em torno de 5g de óleo por dia (5 cápsulas dos suplementos encontrados no mercado). É importante frisar que doses acima dessa recomendação podem induzir aos efeitos citados acima e também levar ao aumento de peso, pois trata-se de gordura, e quando esta está em excesso, tende a se acumular.

Por fim, a quitosana, também conhecida como bloqueadora de gordura, é uma substância extraída da carapaça de crustáceos que tem como função envolver a gordura da alimentação impedindo que ela seja absorvida no nosso intestino. Seu mecanismo é o mais simples dentre esses suplementos. Devemos ingerir a quitosana (em cápsulas) junto com a alimentação, para que a gordura presente no alimento seja englobada e não seja absorvida, atravessando o intestino e sendo expelida nas fezes. Um efeito é óbvio: a gordura não absorvida não contribui para o aumento nos estoques de gordura. O outro efeito, que é contraditório devido a alguns estudos é a diminuição nos níveis de colesterol sanguíneo. Contraditório por não ter sido comprovado cientificamente ainda, mas a teoria é bem simples também: para digestão e absorção da gordura, nós liberamos a bile, que é rica em sais biliares, que por sua vez são formados a partir do colesterol sanguíneo. Acontece que a bile é reaproveitada no intestino, ou seja, nós reabsorvermos ela para utilizarmos posteriormente. Como a quitosana também envolve a bile, não conseguiríamos reabsorver os ácidos biliares, tendo que forma-los novamente utilizando o colesterol sanguíneo, assim diminuindo-o.

Como precaução, pessoas com hipersensibilidade/alergia a frutos do mar não devem ingerir os suplementos à base de quitosana. Um efeito que pode acontecer é a esteatorreia, ou seja, eliminação de gordura nas fezes, devido ao mecanismo de ação do suplemento. Importante: Não é um suplemento feito para usar por longos períodos, pois ele inibe também a absorção de vitaminas lipossolúveis (Vitaminas A, D, E e K), podendo levar a deficiências nutricionais destes micronutrientes.

Espero ter ajudado a diferenciar e explicar um pouquinho sobre estes suplementos emagrecedores que as pessoas sempre procuram na tentativa de perder aqueles quilinhos extras. Apesar de muito populares, é fundamental a prescrição por profissional da área capacitado (nutricionista ou médico) para que os objetivos sejam atendidos sem prejuízos à saúde. E lembrem-se sempre: a alimentação + treinamento físico + descanso adequado são sempre mais importantes do que qualquer suplemento "milagroso" que existe por aí.

Grande abraço e até a próxima.


17 comentários:

  1. Bruno, eu estou tomando exatamente esses 3 produtos, sempre na dose recomendada e juntamente com uma dieta e treinos aeróbicos e anaeróbicos. Há alguma contra indicação em tomar esses três suplementos? Agradeço desde já.

    Ramon Saulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ramon!

      Não há contraindicação alguma em tomar esses 3 suplementos. Mas é importante que o óleo de cártamo e o bloqueador de gordura não sejam ingeridos no mesmo momento, porque o óleo de cártamo é gordura, e o bloqueador impediria a absorção do suplemento.

      Abraços.

      Excluir
  2. Adorei o tema! Parabéns ! :) Gabriela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Gabriela!

      Continue visitando o blog!

      Abraços.

      Excluir
  3. Olá, Bruno! Primeiramente, parabéns pelos assuntos tratados.
    Estou seguindo uma rotina de treinamentos e dieta com o objetivo de diminuir o percentual de gordura de 22,5% para 19%. Para tal, faço musculação 2x por semana (40 min aeróbico e 50 min anaeróbico) e corro uma média de 8km em outros dois dias, mantendo a frequência cardíaca na faixa de queima de gordura (70% a 80% da frequência máxima). Alterno os dias de corrida com os dias de musculação.
    Em relação à alimentação, estou tomando 2 doses de whey protein ao dia, uma ao acordar e outra depois do treino, que só tenho disponibilidade para fazer à noite. Tomo 2g de ácido linoleico junto a cada uma das 2 refeições principais, e 210 mg de termogênico 30 min antes do treino. Em relação ao restante da alimentação, ela baseia-se em frutas, legumes, verduras, pão integral, carnes e queijos, preferencialmente magros e evitando carnes vermelhas.
    Em termos gerais, meu plano está saudável e adequado ao meu objetivo? Estou exagerando na suplementação?
    Tenho meu plano alimentar em pdf. Gostaria de enviá-lo, caso tenha disponibilidade para dar uma olhada.

    Desde já, obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!

      Primeiramente, você adquiriu esse plano alimentar como? Foi a um nutricionista ou pegou de algum conhecido ou na internet, etc?

      É importante que você não siga nenhum plano que não seja feito especificamente pra você. Cada pessoa tem necessidades nutricionais diferentes e o plano alimentar deve contemplar essas necessidades.

      A princípio, a suplementação está sendo feita de uma maneira legal, mas não dá pra afirmar isso porque a suplementação precisa estar adequada à alimentação, sendo, por tabela, específica pra você.

      Aguardo uma resposta sua, Ok? Caso esse plano tenha sido feito por um nutricionista especificamente pra você, sugiro que siga-o. Caso não, manda ele pro e-mail do blog: esportenut@gmail.com que eu posso tentar te ajudar. Lembrando sempre: a melhor maneira de se alimentar bem é consultando um nutricionista, no seu caso um da área esportiva.

      Abraços.

      Excluir
  4. Bruno, prazer conhecer. Sou médico e procuro algum nutricionista com o seu conhecimento para trabalhar comigo aqui no Rio de janeiro, RJ. Voce teria alguem para me recomendar? Grato Henrique henricopa@bol.com.br 21-8876-6639

    ResponderExcluir
  5. Olá Bruno, meu nome é Alan, gostaria de tirar uma dúvida sobre Termigenicos:

    Estava tomando Ripped Fast da Universal, tomei por uns 2 meses, estava tomando 2 de manhã e dois antes do treino, quando não treinava tomava de manhã e a tarde, deu resultado.
    Esse da Universal não tem cafeina.

    Ouvi falar muito bem do Therma Pro Hardcore da Integralmádica, são duas doses por dia, 2 comprimidos antes dos treinos, para dar um gas a mais no treino.

    Gostaria de saber, como o Ripped não tem cafeina, se é possivel tomar os dois juntos, sendo de manhã 2 Ripped e 1 Therma. Repetindo isso antes do treino.

    Abaixo tem a tabela de composição.
    INTEGRALMÉDICA:http://www.corpoperfeito.com.br/produto/therma_pro_hardcore_integralmedica
    UNIVERSAL:http://www.corpoperfeito.com.br/produto/ripped_fast_universal

    Agradeço a atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!

      O Ripped fast da universal tem, sim, cafeína. Muitas vezes o rótulo do produto nacional não contem essas informações.

      Como ele já possui cafeína e o therma hardcore da integral possui uma quantidade que é o dobro do Ripped, não aconselho a usar os dois juntos.

      Abraços

      Excluir
  6. Olá Bruno! Gostaria de parabenizá-lo pelo excelente blog, muito esclarecedor! Tenho uma pergunta acerca da posologia do LA. A recomendação é que se tome a cápsula antes ou depois da refeição? Agradeço desde já.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariana!

      Na verdade, para que haja efeito emagrecedor com o uso de LA, a quantidade deve ser de pelo menos 5g de óleo de cártamo, o que na maioria dos suplementos se atinge com 5 capsulas.

      A posologia correta é dividir essa dose durante o dia, uma dose de 3 + outra de 2 capsulas.

      Abraços.

      Excluir
  7. Fala Bruno, beleza?

    Seguinte cara... Eu treino há 5 anos, me considero "experiente" nesse quesito, e atualmente estou mantendo um protocolo muito bom de treino e dieta.

    Treino de segunda a sexta (hipertrofia) e faço aeróbico em jejum de 3 a 4 vezes por semana...

    Tenho 1,73m de altura e 78kg, com 10% de gordura corporal...
    Meu objetivo é reduzir o percentual de gordura corporal para 7%...

    Minha dieta está certinha, adequada ao meu objetivo e ao treino, mas eu queria investir em um suplemento pra dar uma otimizada no resultado...

    Na sua opinião, seria mais viável eu tomar um termogênico ou um CLA???

    Desde já, obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruno!

      Na minha opinião, você poderia usar tanto o termogênico como o CLA.

      Se for pra escolher 1 dos dois, prefiro o termogênico, uma vez que o CLA pode fazer efeito mas não é tão garantido, já que não possui muitas evidências científicas de seus efeitos principalmente em pessoas com pouca gordura corporal (em obesos funciona que é uma beleza).

      Outra opção é unir ao CLA o Ômega-3 (óleo de peixe). Esse suplemento tem elevado poder anti-inflamatório e emagrecedor também.

      Abraços.

      Excluir
  8. Bruno, muito obrigado pelo post, esclareceu bastante e tenho certeza que foi útil a muitas pessoas!

    Gostaria de aproveitar o momento para tirar uma dúvida: vc já ouviu falar sobre esse novo suplemento termogênico "da moda" chamado Super HD, da Cellucor ? Gostaria de saber da sua eficiência e se suas substâncias podem ser prejudiciais à saúde.

    Obrigado,
    Guilherme

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Guilherme!

      O Super HD realmente está na moda.

      Analisando sua composição, não vi nada demais em relação aos outros termogênicos não.

      Também não vi nenhuma substância que possa causar mal à saúde de maneira direta. Apesar de não ter estudado todos os componentes da fórmula de maneira aprofundada.

      Abraços.

      Excluir

Faça uma pergunta ou dê sua opinião!